As muralhas de contorno

Home / monumento / As muralhas de contorno

As muralhas de contorno de Cittadella é um dos poucos exemplos do sistema de defesa com caminho de ronda ainda viáveis, perfeitamente preservados no tempo e atè hoje intactas. E ‘ um dos sistemas de defesa mais bonitos da Europa.
As muralhas tem uma altura média de 14 metros, mas as torres avistadas das portas pode chegar até 30 metros. A muralha de forma elíptica, tem uma circunferência de 1461 metros e uma espessura média de cerca 2,10 metros. As mesmas são alternadas com 36 torres de tamanhos diferentes: 4 torres em correspondência com as portas de acesso, 12 torres de 6×4 metros quadrados, com uma altura de cerca 22 metros, e 16 torres menores com base de 6×3 com 15 metros de altura.
A distância entre cada um desses elementos é de cerca 40 metros, cada um destes intervalos é coroado por um parapeitos com “10 melros Guelfi” a duas inclinações suavizadas. Em alguns pontos, a causa das reconstruçoes posteriores estao presentes também “merli gibelino”, ou cauda de andorinha.
As muralhas de contorno, são quase desprovidas de cimentos, e para ajudar a sustenta-las, se utilizam os aterros apoiados dentro e fora das mesmas, obtidos pela junta de materiais recuperado das valas.
Ao redor das muralhas de contorno existe uma ampla vala alimentada por aguas nascente, a qual, um tempo tinha uma profundidade que permitia a vida de abundantes peixes. A sua largura e profundidade naquele periodo, era o duplo da atual: As muralhas vinham usadas como instrumento de defesa, quando na fortaleza medieval , as pontes levadiças substituiam as atuais pontes de tijolos. A construção das muralhas requeriu o trabalho de muitas pessoas durante muitos anos; Em um primeiro momento, se construiam estruturas defensivas de terra e madeira, as portas de entrada e as valas. Graças a uma série de interventos sucessivos, foram realizadas as obras em tijolos. Nessa primeira fase se desenvolveu a construção das quatro portas e quase todas as torres e torreões sobre as quais se appoiavam as cortinas de muralhas bastante baixas, enquanto na segunda, foi previsto o levantamento das muralhas completadas com pequenos arcos e meiro.

A recente restauração permitiu a obtenção de maior segurança no antigo Caminho de Ronda, permitindo aos visitantes de contemplar a cidade dos pontos de vista ineditos e privilegiados. De cima, é possivel observar que o espaço dentro das muralhas, antigamente conhecido como “terra”, é organizado sobre um sistema geométrico a forma de tabuleiro, com ruas estreitas e pequenas, e todas de origem romana, e com apoio sobre dois eixos principais que ligam as quatro portas. Estas são orientadas segundo os pontos cardeais: para sul a direcção è Pádova, a oeste é para Vicenza, norte para Bassano, e a este para Treviso. No quadrante norte oeste, a causa da presença de uma brecha nas muralhas de contorno, foi construido um caminho que permite a continuação do passeio sobre a muralha.

Altri monumenti

Questo sito usa usa i cookie per fornirti una esperienza migliore. Continuando navigare nel sito accetti il loro utilizzo. more information

Questo sito utilizza i cookie per fornire la migliore esperienza di navigazione possibile. Continuando a utilizzare questo sito senza modificare le impostazioni dei cookie o cliccando su "Accetta" permetti il loro utilizzo.

Chiudi